sábado, 27 de dezembro de 2014

Me devolva

Se era pra deixar partir,
então devolva meus beijos,
o primeiro eu te amo,
me devolva o começo do que se tornou fim.
Me devolva os dias pensando em você,
as frases ditas só pra você,
me devolva a eternidade quebrada,
os nossos sonhos,
todos os dias dedicados a você.
Me devolva os sentimentos que as fotografias
não conseguem expressar,
se era pra deixar partir,
então devolva meus beijos,
meu boa noite,
esse coração entregue.
Me devolva as tentativas,
as coisas engraçadas,
as lágrimas,
os dias difíceis que fizeram parte dessa história acabada.
Me devolva nossos segredos,
a confiança de te contar meus medos,
o brilho dos meus olhos ao te encontrar,
a saudade que sentia de cada instante sem você,
a alegria de ser seu lar.
Me devolva meus beijos com gosto de mar,
o tempo perdido assistindo filmes em dias de chuva,
os planos rasgados pela casa,
as flores de mil cores,
a chama que fazia meu coração arder,
se era pra deixar partir,
então devolva meus beijos,
a paixão renascida a cada amanhecer,
o amor que nunca acaba,
me devolva o impossível,
pois só devolvendo o que os olhos não podem ver,
é que conseguirei te esquecer.

Um comentário:

Symone disse...

Oi Davi, obrigada pelo comentário, que bom que gostou, esteja a vontade para voltar sempre que quiser.