sexta-feira, 6 de junho de 2014

Dias Frios



Então você vê aquele sorriso em preto e branco,

um dia de chuva e a marca que uma aliança deixou.

As comportas dos olhos quase fraquejando,

a esperança do que era se partindo lentamente,

levando os sonhos, os planos

e os momentos eternos que machucam

quem não escolheu esquecer.

Já passamos por isto antes,

já vimos tudo que um furacão pode fazer,

já somos mais fortes,

só sabe o que é doce quem já experimentou o amargo.

Então você vê motivos irreais

malabarizando um coração frágil

sem a menor intenção de não deixa-lo cair.

Não são simples dias de frio,

são dias em que as lembranças congelam a pele,

dias de um inverno interno

que dura um mês ou a estação que trará flores

que vão colorir seu sorriso novamente.

Já passamos por isto antes,

e somos sortudos

de não derramar o amor de uma vida inteira

em potes quebrados,

já vimos que promessas quebradas deixam cacos

que doem mais que o silêncio,

mas que deixam cicatrizes apenas em quem prometeu.

Já passamos por isso antes,

já somos mais fortes,

somos o fogo que não apaga com a chuva,

que diminui com o frio,

mas nunca deixa de queimar.

Nenhum comentário: