sábado, 27 de dezembro de 2014

Me devolva

Se era pra deixar partir,
então devolva meus beijos,
o primeiro eu te amo,
me devolva o começo do que se tornou fim.
Me devolva os dias pensando em você,
as frases ditas só pra você,
me devolva a eternidade quebrada,
os nossos sonhos,
todos os dias dedicados a você.
Me devolva os sentimentos que as fotografias
não conseguem expressar,
se era pra deixar partir,
então devolva meus beijos,
meu boa noite,
esse coração entregue.
Me devolva as tentativas,
as coisas engraçadas,
as lágrimas,
os dias difíceis que fizeram parte dessa história acabada.
Me devolva nossos segredos,
a confiança de te contar meus medos,
o brilho dos meus olhos ao te encontrar,
a saudade que sentia de cada instante sem você,
a alegria de ser seu lar.
Me devolva meus beijos com gosto de mar,
o tempo perdido assistindo filmes em dias de chuva,
os planos rasgados pela casa,
as flores de mil cores,
a chama que fazia meu coração arder,
se era pra deixar partir,
então devolva meus beijos,
a paixão renascida a cada amanhecer,
o amor que nunca acaba,
me devolva o impossível,
pois só devolvendo o que os olhos não podem ver,
é que conseguirei te esquecer.

sexta-feira, 12 de dezembro de 2014

Mundos (sobre como as coisas realmente são)

Me sinto seguro
em alguns mundos da minha própria invenção,
guardo meus pensamentos sobre como as coisas realmente são.
Me sinto seguro
em minhas opiniões vagas,
eu vejo a cura e me pergunto se seria correto?
Meus mundos são dias e noites
de despedidas e paixões,
mil portas, mil chaves,
um gosto doce que vai ficando amargo,
e é verdade quando digo que guardo meus pensamentos
sobre como as coisas realmente são.
Me sinto seguro
em alguns mundos de planos que mudam,
de sonhos que acabam,
alguns absurdos de amores impossíveis começam quando se entende,
que o Sol que dissipa a tempestade
o faz por ser apaixonado pela chuva.
Eu nunca acreditei em pessoas que sentem pra sempre,
eu sempre desconfio de pessoas que dizem nunca,
palavras são frágeis quando ditas sem pensar,
e sem valor quando se pensa muito pra falar.
Me sinto seguro
quando estou ao seu lado,
é um dos mundos inventados,
são olhos fechados, cansaço,
meu jeito de me perder em outros mundos,
alguns dias sendo reprisados.
Sim, este é meu momento de silêncio,
pensamentos que gritam se recusam a concordar,
não existem argumentos contra a certeza,
não existe certeza sem argumentos,
por isso guardo meus pensamentos sobre como as coisas realmente são,
e me perco dentro dos mundos da minha própria invenção.
Me sinto seguro
no fim do mundo,
já não preciso guardar pensamentos sobre como as coisas realmente são,
e as coisas são...




quinta-feira, 27 de novembro de 2014

Oceanos

Eu entendo seus sorrisos,
as cores que você colore o céu.
A dor que despeja um oceano de deserto
em um coração feito pra suportar temporal.
Eu entendo as palavras não ditas,
a folha em branco que é não saber o que sentir.
A dor que despeja um oceano de deserto
em um coração que não ouve o que queria ouvir.
Entendo que para cada onda que quebra
existe um oceano de possibilidades que não consigo enxergar o fim.
Para toda certeza que me faz abrir mão de algo bom
existe um oceano de esperança de que algo melhor está por vir.
Para cada instante de medo,
existem mil oceanos de superação.
Eu entendo as perguntas sem respostas,
as tentativas de ser forte sem precisar disfarçar.
A dor que despeja um oceano de deserto
em um coração que esquece de si mesmo.
Eu entendo o sim querendo dizer não,
o afastar querendo estar perto,
o morrer de amor querendo viver o reencontro,
o acordar sorrindo por tudo se tratar de um pesadelo.
A dor que despeja um oceano de deserto
em um coração feito de mares que não secam.
Entendo que para calendário riscado,
existe um oceano de dias feitos do que poderia ter sido.
Entendo que para cada oceano,
existe a profundidade e a imensidão de um coração como o seu
que sorri por não ter aprendido a desistir,
que ama eternamente por não saber construir o fim.
Entendo pouco sobre muitas coisas,
mas entendo que todos somos o oceano que decidimos ser.




quarta-feira, 19 de novembro de 2014

Despertador

A fidelidade do despertador me espanta,
a sua facilidade em me despertar dos meus sonhos,
seu jeito de cantar sempre a mesma música no mesmo horário,
acho que por isso somos tão diferentes.
Nunca tive aptidão pra ser o mesmo,
sou mais folha do que árvore,
mais vento do que mar,
sou tão passageiro que logo não saberei informar
o local que outrora fora meu endereço.
Não me entenda mal,
eu invejo as raízes,
conhecer o carteiro,
ver o Sol nascer da mesma janela por uma vida inteira,
mas não sou feito de lugares,
sou feito de pessoas,
carrego em meus melhores momentos conversas sem sentido,
tenho em porta retratos não as mais belas paisagens,
mas os melhores sorrisos.
Eu já vi o pior dia de chuva se transformar em um belo dia de Sol,
já vi um rio calmo se transformar em um gigante destruidor,
já vi tempestade de raios, chuva de estrelas,
mas nada se compara ao sorriso forçado de uma segunda-feira de mau-humor,
pois lugares existem, coisas acontecem,
simplesmente faz Sol, simplesmente chove,
mas um sorriso em uma segunda de manhã,
nasce nos lábios daqueles que se importam.
Do que é feito o arrependimento?
Eu sempre me pergunto isto quando me despeço,
eu revejo os dias rabiscados no calendário,
os elogios inesperados, as piadas contadas,
as atitudes incompreendidas, a falta de atitude,
revejo os momentos engraçados, as palavras de incentivo,
as perguntas, as muitas perguntas respondidas,
e eu sou parte disso.
Então toda vez que me pergunto do que é feito o arrependimento,
eu me lembro do despertador
e agradeço por cantar a mesma música no mesmo horário,
por ser fiel, por me despertar dos meus sonhos todos os dias,
pois o arrependimento é feito dos dias em que os objetivos,
os lugares e as coisas,
se tornam mais importantes do que as pessoas,
e isso o meu despertador nunca deixa acontecer.

segunda-feira, 28 de julho de 2014

Gosto dos dias que se vão


Gosto de me perder,
gosto de cair no seu olhar
e ficar até os sonhos sobrevoarem o se pôr de mais um dia.
Gosto de caminhar pensando nas mil maneiras que existem
de resolver os mesmos problemas,
gosto de sentir a solidão quebrar quando me abraça,
gosto de imaginar nossos planos daqui há alguns anos
se realizando, às vezes não,
afinal não existe voo eterno de aviões feitos de papel.
Gosto das lembranças,
seja do pote que quebra de manhã,
seja do cansaço que nos força a ficar por horas no sofá,
gosto de ser mortal, fraco e teimoso,
de ser útil, intenso e desapegado.
Gosto do seu sorriso,
da risada incontrolável,
de me sentir em casa em qualquer lugar que você faça morada,
gosto dos sentimentos que não são almejados pelos interesseiros,
gosto de gastar minhas últimas moedas do mês em um vaso de flor.
Gosto de me perguntar de que é feito o dia daqueles que não se perdoam,
são minutos regando razões?
São horas esperando mais uma gota de desculpa?
São os segundos mais lentos de uma vida única?
Gosto de desenhar um tapete de estrelas para te receber,
gosto de oferecer seus sonhos realizados em forma de banquete,
ser parte do que te faz feliz e não o todo,
gosto de ser o momento que você sempre quer repetir e não o filme inteiro.
Gosto da simplicidade, do meio termo,
e se for pra ser absoluto que seja mais sim do que não,
gosto da sua companhia, de te fazer falta,
de falar o que não quer ouvir, de ser um porto resistente à tempestade.
Gosto do que vejo ao olhar para trás,
vejo um rio de erros desaguar no mar de coisas que se encaixam,
gosto do que é imperfeito,
gosto de ser do avesso, às vezes parecido,
gosto mesmo é de voar.
Voar sem tirar os pés do chão,
por isso me perco em seu olhar,
me perco no desejo de ser um sonho que sobrevoa o infinito do que somos
ao se pôr de mais um dia.

sexta-feira, 6 de junho de 2014

A menina



Ela é apenas uma menina que esconde seus castelos,

que se esforça pra aprender os passos de uma dança

que ela ainda nem sabe se quer dançar.

Ela é apenas o olhar por trás dos óculos,

sustentando um mundo perfeito

feito de planos e sonhos que não irão se realizar.

Ela é o jeito apressado que não aprendeu

que o melhor da vida é vivido devagar,

por isso a agenda é cheia

para completar algum vazio.

Ela é a tristeza que sorrindo vive mais um dia igual,

o que era disfarce se tornou essencial,

e a singela princesa se tornou uma dama de ferro,

vivendo sobre suas regras severas,

presa em tudo que ela construiu

e hoje se tornou natural.

Mas ela é apenas uma menina,

que vive o tic-tac do relógio

e não o bater do coração,

só uma menina que sabe tudo,

e de tanto saber não percebe

que não aprendeu nada.

Não aprendeu que os números,

dividem, multiplicam,

mas que as pessoas são feitas

de histórias, sentimentos,

e que cada minuto a mais,

é uma solidão a menos.

Ela é só uma menina

que teve que crescer rápido demais,

e ainda não entende,

que ser maior

é servir o menor como igual,

e isso uma menina que almeja ser tão grande

tem que entender.

Desatino de um voo rasante



Não estamos satisfeitos,

as escolhas pesam,

os dias são os mesmos,

e você me fala em tom de discurso

o que eu já decorei faz tempo.

Sim, eu me lembro,

e corta-me os pulsos

as desistências de tudo que já fizemos,

como se existissem desculpas

para viver em preto e branco

escondendo de nós mesmos

as cores desse mundo que precisa ser colorido.

Veja mais um, cometendo o mesmo erro,

seria engraçado se não fosse verdadeiro,

mas as maiores lições são aprendidas

quando vividas por inteiro.

Não são as fortes ondas que naufragam os navios,

não são as pedras,

é pensar que estamos indo bem

quando na verdade estamos indo para o precipício.

Então que fique bem claro,

o que é confusão e o que é infelicidade,

o que é tempestade e o que é falta de vontade,

e se existem motivos para distorcer o cotidiano

que seja a linha tênue que separa a tristeza e o cansaço.

Olhos fechados



Quase como fechar os olhos

querendo voltar para um sonho bom,

e encontrar em mim a melhor parte

que sempre foi você.

Eu não vou prometer que serei melhor,

talvez eu seja apenas um retardado,

que ocupou em sua mente a distância

que separa as estrelas da cor dos seus olhos de mel.

Quase como esquecer o caminho para casa,

olhando nas vitrines coisas que não preciso ter,

descobrindo em mim a saudade

dos melhores dias da minha vida,

que tiquetaqueando cada minuto

foram todos dedicados a você.

Eu não vou tentar esquecer,

seria improvável apagar seu sorriso,

seu jeito e tudo que sempre me fez feliz

se o que me resta além das lembranças

é o amor que ainda sinto aqui dentro.

Quase como falar sozinho

as palavras que foram ensaiadas

para tocar seu coração,

quem sabe aquecer o frio,

preencher o vazio,

e perceber que eu tentei navegar,

mas o pensamento sempre esteve no cais

e por isso os ventos de um tempo perdido

levaram embora uma segunda chance

de viver o que minha estupidez deixou para trás.

Eu não posso vencer a dor com um sorriso,

nem tenho a sorte grande

de trocar o restante dos meus dias longe de você

por algumas horas ao seu lado

sentindo seu cheiro de flor,

te presenteando em um dia comum,

dançando uma música qualquer na sala

e te beijando como alguém que tem apenas algumas horas

e o restante da vida sem você.

Novo dia



Fiquei olhando o Sol

por alguns minutos,

semanas passaram,

pessoas se foram

e eu queimei minha culpa

jogando fora a falta que tanto

me fez sua companhia.

Eu conheci o nó na garganta,

me deixei levar pelos passos errados

de um furacão que não tem aptidão para bailarino,

me vi fraco num corpo de guerreiro

rendido a um novo recomeço,

morrendo como um noite fria

para nascer um novo dia.

Fiquei pensando nos motivos

uma escada ou um abismo,

a estrada que te guia ao destino,

as surpresas de quem assume os riscos,

e eu me tornei mais forte

sendo um pouco de tudo isso.

Bagunça



Eu não acredito mais nas coisas que deixamos para depois,

sim, eu nunca fui bom em ouvir as palavras que você nunca falou,

mas também não precisava deixar a bagunça que você deixou.

A porta já não fecha e pouco importa,

o que era sopro se fez temporal,

arrancou as janelas

e fez o tempo passar sem pressa.

Ainda existem pedaços para juntar,

um quase silêncio precisando desabafar,

não escondo minhas dores,

mas não repare a bagunça ao entrar.

Eu não tenho mais a saudade das coisas que não vivemos,

sim, eu sou mais um cara errado com todos os defeitos

que sempre existem em uma história que acabou.

2:51 AM



Os minutos mais lentos

esperam por algumas gotas de últimas palavras,

mas acredito que o que se aproxima é um forte temporal.

Eu me recuso a mentir novamente,

como alguém que se lembra do que foi bom

somente para anestesiar a dor de ter perdido o tempo que passou.

Arrependimentos rompem o céu escuro,

e as chances que não voltam estremecem o silêncio

dessa madrugada de insônia.

Meu desabafo acalenta meu peito descoberto,

e é sem medo que confesso

que estar sozinho não é estar só,

que mais solitário que um andarilho qualquer

é aquele que não suporta sua própria companhia.

Estou esperando o dia amanhecer,

com a ansiedade de quem nunca viu o Sol,

com a esperança do recomeço.

com a calma de uma bomba.

Semáforo



Fiquei olhando a chuva caindo forte sobre o para brisa,

esperando o sinal abrir,

esperando alguma resposta que fizesse sentido para as perguntas

que eu nunca fiz.

Não carrego as preocupações,

nem mil planos nas mãos,

a melhor coisa da vida é ter o dom para entender

que uma simples ligação pode mudar sua vida inteira.

Que mil quilômetros em linha reta

nunca serão mais impressionantes do que uma simples curva

pode trazer.

Eu aqui ouvindo essa canção que não me lembra ninguém,

esperando o sinal abrir,

pensando em mil coisas,

e aproveitando minha própria companhia,

rindo dos meus conselhos

e soluções improváveis.

Alguns passos para trás não significa regredir,

para grandes saltos à frente

é necessário mais impulso,

é necessário coragem para conseguir

ser o autor da obra prima que é qualquer recomeço,

porque pode demorar o tempo de um poema,

o tempo que torna eterno os momentos mais importantes,

mas tudo muda, tudo passa,

o sinal sempre abre,

a gente segue em frente

e mesmo que a gente um dia olhe para trás

que seja para ter a certeza que estamos prontos

para mudar de via, para mudar de direção,

para mudar de vida.

O Sol se foi



Ainda reflete na janela

quase dizendo adeus

se agarrando aos últimos instantes.

Essa é só a mesma cidade de sempre,

cheia de mentiras e vontades,

pessoas vazias com pensamentos

distantes.

Me conte uma verdade

me fale sobre os dias em que algo foi real.

Eu sou o mundo diante dos seus olhos,

morrendo devagar,

trocando a qualquer preço mil frases de amor

por um sentimento verdadeiro.

Ainda faço as mesmas promessas,

alguns ideais não morrem de frio,

e por mais que chegue a noite mais escura,

os sonhos não se perdem,

se guiam pelas estrelas.

Sorriso de filme



Quando eu te olho e você ri,

seu sorriso de filme

constrói em alguns instantes

um momento para vida inteira.

Quando te beijo e você me abraça,

os problemas do mundo se tornam tão pequenos,

como se quase sem querer

a vida se tornasse o nosso filme preferido.

Quando te falo coisas simples

e você me diz sem precisar dizer nada

que não precisa de promessas,

que se prender ao passado é não ter coragem para enfrentar o medo,

que planejar o futuro é ter medo de nunca ter coragem,

que o essencial é invisível,

mas quem vive o agora consegue tocar

a eternidade.

Quando vou embora e você me pede pra ficar,

eu deito em seu colo,

me esforçando pra que você não note o quanto eu quero ficar,

inventando algum jeito pra te fazer rir,

porque quando você sorri, seus olhos brilham,

e eu que já tinha desistido de acreditar,

vejo um anjo dedicando o melhor de si,

achando lindo uma flor feita com embalagem de bombom,

sendo a pessoa mais importante

em um calendário que não se repete,

em tempos que não voltam

em noites que não deveriam terminar.

Fique bem



Ela acordou atrasada,

esqueceu o que passou,

e não borrou a maquiagem.

Levantou da cama cantando pra si mesma

uma canção que a faz sorrir,

ganha mais quem aprende que não se pode perder

o que nunca foi seu.

Ela se olhou no espelho

e bagunçou o cabelo

deixando arrumado do seu jeito,

tatuagem no braço,

uma esperança no peito,

ser feliz independe desse mundo barulhento,

cheio de promessas quebradas e corações partidos.

Fique bem quando dias como este trouxerem

os sonhos deixados para trás.

Fique bem quando dias como este trouxerem

as promessas esquecidas.

Fique bem porque dias como este passam,

e dias melhores virão.

Ela colocou seu melhor vestido,

seu fone nos ouvidos

e foi viver a vida que se faz a cada instante.

Ela envolta por olhares,

rindo sozinha, se sentindo à vontade,

deixando as preocupações para mais tarde,

quem sabe nunca mais,

ela sabe que a felicidade atraí.

Estar bem é simples



Estar bem é acordar e encontrar mil motivos pra sorrir,

levando em conta que existem outros mil para chorar.

Estar bem é ter a companhia dos amigos,

é estar perto de quem gosta de você do seu jeito,

é não ter medo de estar consigo mesmo.

Estar bem é ter planos para o fim de semana

e deixar tudo de lado,

aproveitar o dom que é improvisar,

fechar os olhos e abrir novamente

para ter certeza de que tudo tem sido real.

Estar bem é ir fazer compras

e pegar um pote de azeitonas

só para paquerar.

Estar bem é ir dar bom dia

para quem já ficou até o último instante de um boa noite.

Estar bem é ser grato por tudo que um dia foi e hoje não é mais,

é não sentir falta de nada do que passou,

é não ter feridas na alma,

é entender que desapegar é deixar o que é bom

para que venha o melhor.

Estar bem é aproveitar a lucidez nos dias tristes

e entorpecer a mente somente por diversão,

pois muralhas resistem às tempestades

porque não foram construídas apenas em dias de Sol.

Estar bem é viver lentamente os melhores momentos da sua vida

e ver isso através dos olhos brilhantes de uma menina

que te beija como se o mundo fosse acabar.

Estar bem é dar uns trocados à um andarilho

e pedir que ele coloque os cães dentro da casinha

pra que não peguem chuva.

Estar bem são os detalhes dessa vida,

é a simplicidade de quem ouve uma música

e brinda com seu irmão a felicidade

de mais um dia que vivemos.

Estar bem é chegar em casa cedo,

ver um filhote que cresceu

pulando em cima de você,

e mesmo cansado ir passear.

Estar bem é simples,

o complicado é fingir estar bem quando não se está,

e eu larguei as complicações,

então se quer saber,

sim, eu estou bem.

Coisas que pensei antes de dormir



Acho que você seria feliz

se fosse minha nessas noites de frio.

Acho que você poderia ser feliz,

deixando meu coração abraçar seu mundo.

Acho que você poderia ser feliz,

andando de mãos dadas comigo

como desconhecidos

que amanhã farão planos pra toda vida.

Acho que você seria feliz

se ficasse me contando suas histórias

em mais uma madrugada de insônia.

Acho que você poderia ser feliz

esquecendo os absurdos das coisas que passam,

as mágoas que insistem em ficar.

Acho que você poderia ser feliz

se ao invés de viver uma história repetida,

fizesse valer a pena esse momento,

que pode mudar nossas vidas.

Acho que você poderia ser feliz

se entendesse,

se quisesse,

se vivesse

tudo que poderia ser.

Aos 27



Aos 27 você entende que eternidade se escreve com promessas,

é dita como um desejo de viver pra sempre o que é bom,

mas é construída dia após dia.

Aos 27 você larga os castelos de areia,

entende que procurar perfeição

é negar que o próximo passo levará à decepção.

Aos 27 você percebe que o tempo

é o aliado, o inimigo e o juiz,

e só depende de você escolher.

Aos 27 você já não sofre com corações partidos,

já não sangra com traições,

nem se importa com a indiferença,

pois as pessoas só podem dar aquilo que tem.

Aos 27 você perde o medo de errar,

consegue enxergar o lado bom dos fracassos,

aprende que mais importante que encontrar um grande amor,

é se encontrar e poder se entregar por inteiro,

sem sujeiras debaixo do tapete,

sem feridas cobertas com maquiagem.

Aos 27 você entende que um corpo magro, engorda,

que um rosto lindo, envelhece,

mas que caráter, fidelidade e o amor

são tesouros que não se desgastam,

não desaparecem.

Aos 27 você aprende a diferença entre o que são

verdades e mentiras,

vê que verdades não fazem promessas,

vê que mentiras sempre concordam,

que verdades são leais

como uma flor dada em dia comum,

que mentiras são tentativas

de quem não consegue suportar a cama vazia.

Aos 27 você acorda com o peso

de quem já viveu algumas tempestades

e aproveita a chuva para dançar,

pois sempre existe um amanhecer

e força para reconstruir o que o vento fez questão de derrubar.

Aos 27 você pode até não saber onde quer chegar,

pode não ter visitado seu lugar preferido,

não ter visto a melhor banda tocar,

mas já vai ter vivido intensamente os momentos mais importantes,

os momentos que não se repetem,

momentos que outros 27 anos não farão esquecer.

Aos 27 você usa as peças que a vida te deu,

e faz o jogo virar,

aceita o pedido de revanche,

porque pior que a derrota

é desistir de jogar.

Aos 27 você entende que é mais surdo aquele que não quer ouvir,

mais burro aquele que não quer aprender,

e mais cego aquele que não quer ver.

Aos 27 você vai entender que pode ser antes ou depois,

mas você vai entender.

Só não fique muito tempo



Não fique muito tempo

sem esse sorriso que faz meu Sol nascer

todas as manhãs que te vejo.

Não fique muito tempo

pensando em como tudo deve ser,

cada dia bem vivido

é a esperança de quem acredita

que um dia tudo será como deveria ser.

Não fique muito tempo

conversando com suas lágrimas, seu quarto e seu travesseiro,

e se for pra falar,

fale sobre os sonhos que não morrem,

sobre amores que são eternos.

Não fique muito tempo

com o coração pesado,

uma vida cansada começa com nossas tentativas

de carregar bagagens desnecessárias.

Não fique muito tempo

olhando para trás,

nem tentando enxergar o que virá,

assim como a melhor parte do meu dia é te ver,

a melhor parte da vida é poder mudar

e isso é um presente que só o “hoje” pode dar.

Não fique muito tempo triste,

pois nenhuma tristeza vale o tempo que passa pra não mais voltar,

nenhuma tristeza vale o tempo que tira de mim o seu sorriso,

seu jeito doce de falar,

e a vontade que tenho de ver você chegar.

E seja lá o que for,

sinta tudo que tiver que sentir,

mas se tiver que ficar triste,

só não fique por muito tempo.

O amor é difícil



Eu vejo os casais de mãos dadas pela rua,

alguns sorrisos, olhos brilhando,

eu desejo sorte.

Pois o amor é difícil,

é dar a melhor parte de você,

dedicar tempo,

falar mil coisas sem dizer nada.

Eu vejo um futuro pela frente,

escolher a cor da parede,

ficar deitado o domingo inteiro

e assistir mil filmes repetidos,

eu desejo sorte.

Pois o amor é difícil,

pode doer mais que ossos quebrados,

como dias em que uma ligação mudaria a noite,

mas ninguém liga,

e quanto mais intenso

uma só alma se pode ver,

como o dia em que se diz eu te amo pela primeira vez.

Eu vejo as brigas e olhos cheios,

as ideias de perfeição,

pessoas abandonadas procurando uma razão,

pessoas sozinhas olhando para uma aliança na mão,

e eu desejo sorte.

Pois o amor é difícil,

é escolher entregar suas fragilidades e medos ,

é fechar os olhos e lembrar dos dias bons,

abraçar sem motivo e matar a saudade de cada segundo distante,

é uma flor roubada do jardim do vizinho,

é um chocolate de manhã bem cedinho,

ter um mundo ao redor e mesmo assim ser de um só,

é decidir que a eternidade começa a cada amanhecer

e que termina toda vez que ela vai embora.

Eu vejo uma vida inteira,

segundas-feiras de cansaço,

deitar no colo e fazer de um suspiro o desabafo,

olhar para o lado e ver que vale a pena.

Eu desejo sorte,

pois o amor é difícil,

mas sem amor é impossível.

Relógio não se apresse



Eu te espero,

espero com a esperança de um viajante

que aguarda pelo trem.

Eu te espero,

fico do seu lado durante a tempestade,

seguro sua mão e te abraço,

pra que você saiba que logo os relâmpagos vão passar.

Eu te espero,

não me importa o tempo que passe,

nada se compara ao sonho de poder acordar todos os dias ao seu lado,

te fazer a mulher mais feliz.

Eu te espero,

falo de você sem querer,

deixo que todos saibam que existem mil motivos

para que eu esteja tão apaixonado por você.

Eu te espero,

imagino nossas vidas em alguns porta-retratos,

dedico meus sonhos

como alguém que pula sem saber a altura,

arriscando tudo que tem,

pois de nada vale o mundo inteiro

sem seu sorriso acanhado.

Eu te espero,

como alguém que vai ficar depois das brigas,

alguém que vai estar do seu lado olhando em seus olhos

e dizendo que te amar é uma dádiva nobre demais

para desistir.

Eu te espero,

com as palavras que não sei dizer,

com alguma piada pra disfarçar seu jeito tímido,

com um coração frágil de quem já se machucou demais,

mas que sem medo se entrega sem reservas a você.

Eu te espero,

e não se preocupe,

eu não quero um relógio que se apresse,

nem dias que não passem,

eu só quero você,

quero poder viver o tempo que se torna inesquecível,

e eu sei que isso só pode ser real ao seu lado,

por isso espero,

espero você.

Não precisa se despedir



Eu escrevo sobre sonhos que não se realizam,

eu olho em teus olhos e vejo um adeus,

eu queria segurar suas mãos e pedir pra ficar.

Amanhã será um dia difícil,

e os minutos passarão como uma semana de chuva,

gotejando cada instante sem você.

Eu sei que você vai pensar em mim,

vai sonhar o que antes eram apenas meus sonhos,

por saber que existe muito amor aqui,

e todo ele anseia em te ter.

Machuca mais o seu bem querer,

do que o mal me quer,

machuca mais ter ver tão linda,

do que o não te ver.

Eu e meu mundo a disposição,

você dando mil voltas sobre os mesmos passos

em uma ilha pequena.

Pensei durante todos esses dias,

sobre os motivos das melhores coisas que acontecem,

vi que não existiam poesias,

não existiam palavras ditas,

existia apenas o inexplicável,

e isso é o que machuca,

isso é o que faz com que você se distraia e pense em mim,

é sua escolha indecisa,

é o dizer adeus lentamente para amores que duram toda vida.

Mesmo com os calendários que passam,

esperar perde o sentido,

quando quem parte não diz se vai voltar,

então não sei até quando a porta ficará aberta,

nunca fui bom com promessas,

mas não se culpe

e não precisa se despedir.

Segunda-feira



Tento não sentir falta das suas mãos

que por teimosia eu deixo serem maiores que as minhas.

Tento não sentir falta do jeito que você diz as coisas

que eu sempre quis ouvir.

Eu conhecia amores de ouvir falar,

eu prometia eternidade com a esperança

que as coisas que foram feitas para não durar

não encontrassem o final,

e agora estamos aqui sem promessas

e deixando acontecer bem devagar.

Tento não sentir essa vontade absurda

de dizer novamente bem baixinho no seu ouvido

que você é a mulher mais linda que já beijei.

Tento não sentir a falta do jeito que você me beija sorrindo,

do jeito que seus olhos brilham,

das perguntas que fazemos sem ter respostas.

Eu queria que todo dia fosse uma segunda-feira,

que todas as noites fossem feitas de frio na barriga

e corações acelerados.

Eu queria um replay de tudo isso,

você me contando seus segredos,

nós dois concordando com nossos medos

de insetos ou sapos,

concordando sobre algo forte e inexplicável

que faz a saudade de um dia

se tornar a dor de uma semana.

Eu tento não sentir falta do seu carinho enquanto dirijo,

da sua vontade de ficar até que o momento se torne inesquecível,

falta dos beijos que quero te dar,

do tempo que quero te dedicar.

Eu tento não notar os sonhos dando as mãos,

os teus erros de português,

as cores do seu tênis,

o jeito que você espera que eu diga palavras bonitas,

e seu olhar que simplesmente se distrai.

Eu tento desde que te conheci não me apaixonar,

mas quanto mais eu tento mais eu vejo

que você pode ser meu amor por toda a vida,

o amor que eu sempre procurei sem encontrar,

então eu deixo de tentar.

Quando acordar



Amanhã quando você acordar

eu quero ser o beijo de bom dia,

o sorriso de quem teve um sonho bom.

Amanhã quando você acordar

eu quero ser os braços que te cercam,

a lembrança dos seus melhores dias.

Quero sussurrar em teus ouvidos

as frases que nossos olhos dizem

no silêncio das palavras que faltam.

Amanhã quando você acordar

eu quero ser a última peça que faltava,

a eternidade de mãos dadas.

Amanhã quando você acordar

eu quero ser o corpo quente que faz real

o sentimento que não se pode tocar.

Deixa chover



Eu não saberia viver sem você

e mesmo que a vida tentasse me ensinar

de todos os jeitos,

eu me recusaria a aprender.

Eu respiro o ar da sua atmosfera,

eu morro cada minuto que se passa

à sua espera.

Eu vou rezar para que a chuva

continue a cair enquanto você estiver aqui,

porque sei que não importa o que eu faça,

não importa onde eu vá,

tudo em mim se move ao seu redor,

então deixa chover,

deixa eu te ter.

Dias Frios



Então você vê aquele sorriso em preto e branco,

um dia de chuva e a marca que uma aliança deixou.

As comportas dos olhos quase fraquejando,

a esperança do que era se partindo lentamente,

levando os sonhos, os planos

e os momentos eternos que machucam

quem não escolheu esquecer.

Já passamos por isto antes,

já vimos tudo que um furacão pode fazer,

já somos mais fortes,

só sabe o que é doce quem já experimentou o amargo.

Então você vê motivos irreais

malabarizando um coração frágil

sem a menor intenção de não deixa-lo cair.

Não são simples dias de frio,

são dias em que as lembranças congelam a pele,

dias de um inverno interno

que dura um mês ou a estação que trará flores

que vão colorir seu sorriso novamente.

Já passamos por isto antes,

e somos sortudos

de não derramar o amor de uma vida inteira

em potes quebrados,

já vimos que promessas quebradas deixam cacos

que doem mais que o silêncio,

mas que deixam cicatrizes apenas em quem prometeu.

Já passamos por isso antes,

já somos mais fortes,

somos o fogo que não apaga com a chuva,

que diminui com o frio,

mas nunca deixa de queimar.

Medo



Respiro o ar pesado dos erros cotidianos,

finjo não ver só por diversão,

me apego às coisas como deveriam ser,

e me convenço que os olhos fechados

me levarão em alguma direção.

Estou cansado e sem tempo para discussões,

você me pergunta razões para o silêncio,

eu te ofereço uma mesa farta de opções,

mas eu não saberia te dizer se as pessoas ao redor

são frutas de plástico em cesto de vidro

ou se sou apenas eu questionando

o que é incompreensível,

gritos da desigualdade,

um pouco de decepção.

São muitos sorrisos e uma rara sensação

de que não existem tantos motivos para sorrir em vão,

temos a sinceridade seletiva,

as palavras que fazem bem ao coração,

e mestres do jogo movendo seus peões.

Acho que a vida que passa diante dos meus olhos

me faz sentir medo de me tornar apático,

de ser parte desses reis que só pensam em seus umbigos,

medo de me acostumar com tudo isso,

medo de ser o peão na linha de frente obedecendo cegamente

e acreditar que o nome disto é paz.

Respire fundo



Enquanto eu respirar eu vou desejar

que todos os dias sejam feitos dos seus sorrisos,

do seu jeito distraído,

do gosto dos seus lábios.

Enquanto eu respirar eu vou desejar

que todas as manhãs sejam feitas da simplicidade

dos seus olhos que brilham,

da sua voz rouca dizendo bom dia.

Enquanto eu respirar eu vou desejar

que todas as noites sejam feitas de gargalhadas,

de cócegas nos seus pés,

do seu morrer de frio,

das músicas mais legais cantada em seu ouvido.

Enquanto eu respirar eu vou desejar

que todos os sonhos sejam sonhados no calor dos nossos abraços,

que a eternidade seja construída na simplicidade de um dia,

que a saudade seja minha companhia quando estiver longe de você.

Enquanto eu respirar eu vou desejar

que nossas mãos não se separem no mais forte vendaval,

que nossos olhos não se percam na mais forte tempestade,

que nosso sentimento continue sem explicação,

porque tudo que se pode explicar é necessário,

mas nem sempre é essencial.

Enquanto eu respirar eu vou desejar

que nenhuma palavra seja mais importante que as atitudes do dia-a-dia,

que se houver gritos que seja de alegria,

que se houver discussões que seja de quem é mais bonito,

tudo bem, eu sempre perco.

Enquanto eu respirar eu vou desejar

outras mil coisas,

mas existe apenas uma coisa que eu nunca vou deixar de desejar,

e enquanto eu respirar eu nunca vou deixar de desejar você.

60 dias



Eu quero ver seu sorriso todas as manhãs,

porque existem mil motivos para eu te amar tanto assim,

mas nada consegue explicar seu jeito preguiçoso

que deixa o relógio despertar mil vezes,

nada explica a voz que sussurra em meu ouvido,

dizendo que queria ficar ao meu lado pra sempre.

Espero que você saiba que eu te amo mais a cada minuto que se vai,

sim, eu tenho meus defeitos,

sim, você é uma princesa,

sim, me faltam palavras.

Nunca vou conseguir entender essa saudade que sinto

dos instantes que passo longe de você,

de tudo que ainda não vivemos,

do seu jeito doce, do seu cheiro bom,

do seu amor, das frases que você copia

ou daquelas que você repete antes de dormir.

De que são feitos os dias?

De que são feitos 60 dias?

De que é feito nossa história?

São feitos da certeza que só tem quem está disposto a consertar,

são feitos das coisas simples como caminhar em outra cidade,

ficar meia hora procurando lugar para estacionar,

são feitos dos momentos bobos como dançar pra fazer você rir,

inventar alguma história absurda e você acreditar.

São feitos de tudo que somos juntos,

são feitos de todos os planos e sonhos,

são feitos da melhor parte de nós dois,

são feitos das incertezas de como vamos construir,

são feitos da certeza que temos que vamos ficar juntos.

Certeza



Eu vi nos seus olhos a chance de me encontrar por completo,

e eu vi que melhor que as tentativas são as certezas.

Eu segui seus passos, me perdi em seu sorriso,

e enquanto o mundo pergunta sobre velocidade,

vivemos tudo que foi feito para viver,

sem sequer olhar para trás.

Nunca procurei um porto seguro,

nunca me perguntei sobre as coisas que passam,

nunca tentei imaginar as coisas possíveis,

mas em você vejo o céu pintado da cor da parede do nosso quarto,

vejo nossos filhos correndo na sala quebrando os seus vasos,

vejo minhas risadas em piadas que só eu acho graça.

Em um minuto tudo o que mais importa não são as coisas que falamos,

mas sim as coisas que sentimos,

e eu sinto todo o amor que existe destilando até transbordar,

inundando tudo que eu pensava ser apenas eu,

e me tornando cada vez mais parte de nós,

parte do que é eterno,

parte do que não é apenas um desejo

e sim uma certeza,

como olhar o Sol e sentir seu calor,

como olhar o céu e ver em seus olhos um brilho mais intenso.

Agora não são expectativas,

são seus beijos, seu cheiro, seu jeito,

e tudo que em você me encontro,

tudo que em você descordo,

tudo que em você me faz te querer ao meu lado

por toda minha vida.

A aliança em nossos dedos sempre será um mero adereço,

comparado ao que sinto, ao que sentimos,

e a tudo que vamos sentir.

Não me importo com o vento,

não me preocupa às tempestades,

não sou medido pelo medo,

não temo nenhuma adversidade,

já não somos apenas um laço,

somos uma corda dobrada,

uma corrente entrelaçada,

um corpo apenas,

que com mil defeitos vai se lapidando

até se tornar diamante,

até se tornar luz perfeita,

até que a eternidade nos separe

Chances



Não me importam as notícias dos jornais,

eu só quero sentir meu corpo fazer parte do seu calor,

do seu cheiro, dos seus beijos,

desse jeito só nosso e de mais ninguém.

Quais são as chances disso acontecer novamente?

Eu vejo um mundo que elogia seu sorriso,

mas desconhece suas lágrimas,

eu vejo um mundo que contempla sua beleza,

mas desconhece seus medos.

Eu trocaria mil universos,

pra ser uma ilha no seu mapa,

é que ser parte de quem você é,

me completa mais do que ser apenas eu.

Eu que nunca fiz promessas,

sou escritor de uma eternidade que começa todos os dias,

que acorda no meio da noite para te abraçar,

que ouve seus sonhos e esforçadamente tenta realizar,

que ouve seus reclames e suas risadas sem parar.

Não me importam as opiniões,

são gotas de chuva enquanto vivemos dias de Sol,

e me perguntam se é cedo,

me perguntam se é certo,

me falam sobre certezas e riscos,

e eu não tenho um relógio que marque o tempo certo,

conheço o jeito certo por já ter vivido o errado,

corro o risco de viver um dia de cada vez,

qual seria o risco de viver uma vida amando você?

E sobre certezas…

Apenas tenho a certeza de que te quero,

quero você sem faltar nenhum detalhe,

e quais são as chances disso acontecer novamente?

Aleatório



Eu poderia deixar para trás,

como um fantasma que passa e ninguém vê,

mas como segurar a dor de um nó na garganta?

Me fiz solidão, abracei a distância,

era eu perdido dançando com a distração,

era eu feliz comigo mesmo,

sem precisar de nenhuma opinião.

Fazia tempo que não ouvia seus conselhos,

pensei muito sobre tudo isso,

e você me falou que tudo era questão de momento.

Fazia tempo que não me lembrava de nossas conversas,

e você me falou que mais vale dizer não.

Eu nunca soube muito bem ser meio inteiro,

sou dos que se jogam,

daqueles que se esquecem por não prestar muita atenção,

eu sou o olhar que não se prende às belezas que passam,

nem a nenhuma história que ficou.

Guarde seus sermões, use suas soluções,

aplique em si mesmo um pouco do que mudará o mundo,

mas não me venha com vacinas que curam meu interior

e não te deixam são.

Tenho em mim a explosão contida,

o tempo perdido e o sussurro de alguém que já foi sonhador,

porém de tudo que resta no final,

tenho o sangue nas mãos,

não se pode agradar todo o mundo e sair ileso.

Só existe uma eternidade, o que sobra são pensamentos em comum,

as guerras no silêncio de tudo que deixamos de dizer,

e a paz que conforta os ouvidos que ouve o que quer ouvir.

Faça bom proveito das moedas, das desculpas,

e não tenha medo de duvidar das promessas feitas para amanhã,

elas costumam quebrar.

Não quero parecer rude,

mas só posso oferece conselhos aleatórios,

e guarde isto como se fosse o último brilho do Sol,

expectativas são perigosas.

Você me chama de seu



Estive longe das verdades que um dia acreditei,

caminhando sobre promessas que ficaram pra trás,

fui a primeira pedra em direção ao pecador,

o esquecimento das noites que se vão ao amanhecer.

E você nunca me deixou.

Você responde perguntas que não faço,

acalma os gritos da minha alma.

Você abraça meus sonhos não realizados,

e mais que isso,

você os chama de nossos sonhos,

você me chama de seu,

você é o amor que nunca entenderei.

Estive entre os que deslumbram grandes coisas,

fúteis e atoa,

fui parte da doença que não precisa de cura,

o silêncio que gera as cicatrizes da amargura.

E você nunca me deixou.

Você me convence sobre um futuro certo,

sobre coisas que passarão.

Você conhece o único jeito de me fazer feliz,

e faz isto toda vez que me diz que não sou daqui.

Você é o criador do universo,

dispensando tempo a um coração que um dia se esqueceu

de ser teu,

você é o amor que eu nunca entenderei.