sábado, 26 de novembro de 2011

Amanhecer


Faltam poucos minutos,
para um novo dia,
em que muda tudo,
os sentimentos eternos,
e tudo o que planejamos,
sem saber que o amanhã é...

Infinito e intocável,
perfeito para os que sonham,
e real ao amanhecer,
enquanto nós brincamos,
de construir um mundo perfeito.

Você me pergunta quem eu sou,
com saudade de quem eu poderia ser pra você,
eu sou seus defeitos,
seus sapatos,
e os sonhos que você não realizou.

Um comentário:

Camila Alves disse...

Lindo blog! Linda poesia! Tudo perfeito!