sexta-feira, 2 de setembro de 2011

Colisão


Não existem mundos parecidos,
que não venham colidir,
as palavras são telhados no vendaval.
Você me fala sobre mudanças,
eu estou convencido,
de que quem precisa mudar é você.
Quais as cores de um mundo perfeito?
E se chover não borraria tal perfeição?
Então esse é o som das lágrimas caindo no chão,
não que não me importe,
mas não existe truques,
que evitem uma colisão.
Diga o que quiser,
todos os mundos estão.
Seja como for,
todos os mundos estão,
em rota de colisão.
Não existem janelas que resistam,
os segredos guardados,
não podem ser protegidos.
Você tenta sem sucesso,
o silêncio cala a discussão,
mas não tem como evitar uma colisão.




Nenhum comentário: