quarta-feira, 11 de maio de 2011

Dias bem vividos


Lembra de quando tudo parecia impossível?
Não que tudo seja fácil,
cicatrizes na memória,
gritam como tudo foi difícil.
Lembra de tudo que nos prometeram?
Não que tenham cumprido,
as lacunas em branco,
silenciam o tempo,
que não foi tempo perdido.

Como nós crescemos com tudo isso,
uns sonhos deixados, alguns rounds vencidos.
Como nós crescemos com tudo isso,
a vida na estrada, dias bem vividos.

Lembra como o mundo era pequeno?
Se limitava entre o que nos diziam,
e todos os nossos medos.
A realidade era um segredo.
Lembra dos que não acreditavam?
Eles suportam suas vidas,
como um fardo,
com cores de pesadelo,
prometendo mudanças pra si mesmos.

Nenhum comentário: