domingo, 19 de setembro de 2010

Ela me faz acordar sorrindo


Me prendo aos detalhes,
porque seria difícil definir tudo que você é,
tudo que vejo quando olho você dormindo,
como se o mundo fosse azul,
como se a vida fosse feita apenas pra mim e pra você.
É por isso que me perco te olhando,
desenhando o verde dos seus olhos,
pra que nunca nada disso caia no esquecimento,
porque somos feitos de marcas eternas em um mundo passageiro,
e é triste saber que os dias sem você são lentos.
Invento o pretexto de mil filmes pra estar do seu lado,
andar de mãos dadas de noite e de dia,
ficar deitado fazendo você rir,
rir porque existem mil motivos,
rir porque se tudo foi feito pra não se repetir,
ao menos vivemos da melhor forma.
Com você eu estou exatamente onde eu queria estar,
e tudo acontece no momento certo,
como chuva que cai fininha fingindo não ter intenção de molhar,
como minha vontade de não deixar você levantar,
e ficar comigo até o dia dar lugar a outro dia.
Se nada foi feito pra durar pra sempre,
então vou guardar cada um desses momentos,
em algum lugar onde não exista tempo,
onde só exista tudo que estamos vivendo.
Me prendo aos detalhes, ao seu cheiro, seu gosto, seu beijo,
ao seu café da manhã com suco em pó e pão com queijo,
ao nosso almoço, nossa soneca,
e minha vontade de viver tudo de novo e novamente,
porque com você tudo se torna diferente,
porque não é a história de um só, mas é a história da gente,
e a nossa história a gente escreve com um final contente.
Me prendo a tudo isso,
porque é ao seu lado que acordo sorrindo,
mesmo numa madrugada que acabamos não dormindo,
o "todo" de toda arte é apenas parte do previsível,
os detalhes de cada vida é viver o que não foi planejado da melhor maneira possível,
porque quem não assume riscos nunca vai viver o que poetas chamariam de lindo,
e o que eu chamo de acordar sorrindo.

Nenhum comentário: