domingo, 8 de agosto de 2010

Quantos dias tem uma rotina


Meu deserto é feito de prédios,
rotina e pessoas chatas,
a segunda chega,
sem nem ao menos se perguntar,
se o fim de semana foi o fim,
de mais uma semana igual.
Acho que estou triste,
mas nem por isso fico preocupado,
só estou cansado,
de mim mesmo, dos outros,
de tudo que se define por si só.
São metas pra alcançar,
um bom emprego, uma carreira, um lar,
tudo isso num espaço de tempo que não me dá espaço,
nem ao menos pra ter tempo.
Queria viajar, ver o Sol se pondo em outro lugar,
mas o que me resta é a prisão dos dias iguais,
dias em que todos vivem sem prestar atenção.
Estamos todos sufocados,
com a corda no pescoço,
e uma carta de indicação na mão,
seja lá onde você for parar,
terá alguém te esperando,
pra moer ainda mais seus ossos,
ou quem sabe fazer o choro cessar.
Depressivas são as palavras que vão caindo como chuva,
nesse inverno tão intenso,
só não esqueça de se agasalhar,
a piedade não existe mais,
são os assassinos que governam em nosso lugar,
antes que termine o dia,
não esqueça de se agasalhar,
é muito mais frio quando anoitece e não se tem companhia,
quando a rotina vence,
e o que nos resta é esperar por um novo dia.

Nenhum comentário: