quinta-feira, 29 de abril de 2010

A fogueira é a solução


Se eu tentar ser mais sincero,
a acidez das coisas que falo,
corroerá meus pensamentos,
essa corja de falsos,
mestres de si mesmos,
flores exalando podridão.

Cuspo em suas regras,
faço piadas sobre o que você crê,
crê sem viver,
finge viver, finge pra quê?
se nada conseguimos esconder.

Bonitos por fora, ocos por dentro,
sepulcro caiado, raça de víboras,
filhos da puta mentirosos,
que se fazem de vítimas,
crentes que conseguem enganar,
mentem pra própria consciência,
mas um dia sua hora vai chegar.

Espero que Jesus aceite cheque pré,
porque está precária a situação,
mal temos para o pão,
e o que mais importa eles deixaram pra lá,
eles estão ricos e eu não,
aparecem na tv falando de doação,
e eu odeio essa mentira,
odeio essa mentira,
um povo burro seguindo essa alienação.

Me perdoe Deus,
mas você é diferente do que falam de você,
até quando eles vencerão?
Me perdoe Deus,
mas não foi isso que você disse sobre ser cristão,
até quando eles enganarão?
Me perdoe Deus,
mas hoje estou puto demais pra me conter,
até quando eles vencerão?

Que comece a revolução,
que me queimem na fogueira como na inquisição,
mas não me renderei a esses filhos da puta,
mentirosos, cruéis e ladrões,
enganam a muitos, mas chegaram tarde,
eu percebi na cúpula toda a armação,
e a mim vocês nunca mais enganarão.

E como alguém que resgata um tesouro do lixo,
eu vivo o que prego,
e essa é a maior diferença entre ser o que você é,
e o que eu sou,
essa é a maior diferença entre ser crente e ser cristão.

A história se repete,
Lutero morreu em vão,
a igreja prostituta voltou,
agora completamente apaixonada pelo dinheiro,
poder, curas na televisão,
e com a audiência dos crente viciados em bençãos.

Me perdoe Deus,
me perdoe Lutero e outros grandes que fizeram parte da revolução,
me perdoe Paulo e seus náufragos, açoites e perseguições,
mas eles transformaram tudo em uma grande merda,
pra falar das coisas que convém,
e não mais da redenção,
Me perdoem todos, mas eu prefiro morrer na fogueira,
do que viver uma vida em vão.


"Meu querido Pai celestial, Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, Deus de todo consolo, graças te dou porque revelaste teu querido Filho Jesus Cristo, em quem eu creio, a quem eu tenha pregado e confessado, a quem eu tenho amado e enaltecido e a quem o papa desprezível e todos os ímpios desonram, perseguem e ofendem. Suplico-te, Senhor Jesus Cristo, que tomes conta de minha alma. Ó Pai celestial, se devo deixar este corpo e ser arrancado desta vida, tenha a absoluta certeza de que estarei eternamente em tua companhia e que ninguém me arrebatará de tuas mãos."

sábado, 24 de abril de 2010

Doce


Tudo é confusão nesse mundo cada vez mais louco,
e tudo é tão amargo,
longe dos seus olhos doces,
que eu prefiro mesmo borrar o azul do céu,
e deixa-lo com cor de mel.
Eu vou andar pelas ruas,
e em algum momento vou me flagrar pensando em você,
são horas de conversa que poderiam ser por acaso,
mas encontram um propósito por ser você,
quem fica com meus momentos.
É no seu jeito de morder os lábios,
no jeito que você joga o cabelo para o lado,
no jeito que você tem de querer debater,
e em todas as vezes que você simplesmente ri.
É no seu jeito de falar sobre o amor,
de sentir o amor,
e no meu jeito de querer esse amor pra mim,
que tudo se define como uma chance entre milhões.
E tudo se torna tão simples,
tão parecido mesmo sendo tão diferente,
mesmo você sendo da roça e eu de uma zona urbana,
mesmo você com sua mistura de sutaques e eu só falando carioquês,
mesmo sendo tão diferentes assim,
as coisas se tornam simples,
simples ao querer conversar um pouco mais,
simples ao querer pedir pra você ficar um pouco mais,
porque por mais que sejam poucos instantes...
com você...
já deixam saudade,
saudade das coisas que não viveremos,
saudade dos sonhos que se completam, mas não se realizam,
mas em mim vai doer a saudade de ainda não ter te conhecido.

sábado, 17 de abril de 2010

Livre, leve, solta (O mundo sorridente das pessoas vazias)


O gosto amargo da sua boca,
revive erros de uma vida tola,
seus olhos que brilham,
e seu sorriso que é lindo,
escondem o vício de viver uma vida à toa.

O mundo sorridente,
das pessoas vazias,
a felicidade em um copo,
a vida como um sopro,
uma noite perdida,
por um dia melhor,
mil pessoas ao lado,
pra não se sentir só.

A dose quente que te deixa louca,
desperta seu momento livre, leve, solta,
seus pedaços separados,
que desfiguram o inteiro,
de uma pessoa que perdeu as escolhas.

E você era um diamante,
age como uma concha sem valor.
Você tinha o controle,
nem sabe como em casa chegou.
Você se perde, querendo se achar,
mas desse jeito nunca vai se encontrar.

quarta-feira, 14 de abril de 2010

Cansei


Acho que estou cansado,
cansado dos preconceitos,
dos muitos direitos,
das pessoas falsas,
e se seu jogo de interesses.
Acho que estou cansado,
de me preocupar com o que vão pensar,
na ação e reação,
quero fugir e vender coco na praia,
comer peixe todo dia,
ver o mar azul e meu cachorro brincando com minha filha.
Acho que estou cansado,
dessa gente que só pensa em dinheiro,
que deixa de dar comida aos filhos,
pra comprar um maço de cigarros,
e ainda pede emprestado a quem tiver, um isqueiro.
Acho que estou cansado,
dessa história que se repete,
que se olha o geral,
e apaga o indivíduo,
e o que você tem determina o que você é,
e o que você é não diz nada sobre você.
Acho que estou cansado,
dessa minha vida inútil,
cheio de futilidade,
enquanto crianças ainda comem comida do lixo,
matamos homossexuais como se fossem bichos,
e empurramos o amor do mais alto precipício.
Estou cansado dos meus discursos,
de ver políticos ficando ricos,
e meus amigos procurando emprego,
contando as moedas pra comprar pão,
dormindo tarde e acordando cedo,
olhando para o futuro e mesmo sem querer,
sentindo medo.
Acho que estou cansado,
de amar alguém que ama outro alguém,
e de alguém me amar enquanto eu amo outro alguém,
é uma corrente viciosa de valores,
que unem todos os nossos sentimentos,
e fazem deles apenas um desperdício.
Estou cansado das promessas não cumpridas,
da igreja prostituta,
dos que tem a bíblia na mão, mas vivem um erro,
dessa nação gigante e forte presa a uma corrente,
que não prenderia nem um esquilo.
Acho que estou cansado de precisar de alguém que me indique,
de conversar com pessoas que vêem o mundo real,
e simplesmente se acostumam com isso,
que não cedem o lugar para um idoso,
e escondem a bolsa quando vêem um negro.
Estou cansado desse mundo podre que criamos,
cansado de ver as prostitutas com seu sorriso maquiado,
esperando o próximo que ira usar seu corpo,
pagar e ainda pedir desconto,
como se fôssemos um produto,
se é histórico, comum, ou antropologicamente aceitável,
eu não sei, sei apenas que é triste,
triste ver que somos apenas isso,
um humanidade cansada, aborrecida, enganada,
e falsamente ludibriada com vícios, propagandas,
e algum resquício do que fomos um dia,
seres que acreditavam em um novo dia,
sem mentiras, sem cera, sem máscaras, o real pelo real,
o amor que vem primeiro,
sem qualidades abarrotando nosso lixo.
Eu acho que simplesmente cansei de tudo isso.

terça-feira, 13 de abril de 2010

Esquema pop


Mais uma dose para o mundo girar,
cantaremos frases de amor,
e o mundo todo vai nos adorar,
beijos e amores impossíveis de encontrar,
é o esquema pop é a vergonha do rock.

Mas roubam nosso dinheiro,
mesmo assim dormimos tarde,
e acordamos cedo,
sustentando um governo,
que mais parece um puteiro.
Trabalhamos como escravos,
durante o ano inteiro,
mas é cômico esquecer de tudo isso,
no mês de fevereiro.

Mais uma dose pra que eu possa acreditar,
iludiremos a juventude,
pra que não tenham forças pra mudar,
todos iguais rasgando o fato de ser indivíduo,
é o esquema pop é a vergonha do rock.

É só?


Apague o cigarro e baixe a voz,
vamos conversar de igual para igual,
deixar as armas no chão,
esquecer o faz de conta,
e achar uma solução.
Deixe de lado frases decoradas,
vamos conversar como irmãos,
sem sangue pelo chão,
esquecer o beijo,
que precede a traição.

Queremos construir,
castelos de areia,
com segredos explosivos.
Queremos fingir,
que somos vítimas,
acendendo a fogueira,
do lixo que é tudo isso.

Não me invente e olhe nos meus olhos,
todas as chances em suas mãos,
deixaremos de falar o necessário,
pra jogar palavras em tom superficial?

É só o que seremos?
Uma mente de paçoca,
figurinha repetida na história?
É só o que seremos?
A hipocresia humana,
vivendo uma vida foda?

domingo, 4 de abril de 2010

O dia de hoje


O dia de hoje foi feito,
pra eu que eu pudesse te dizer,
as mil coisas não ensaiadas,
o exagero do sentimento,
que você não acreditava que pudesse existir.
O dia de hoje foi feito,
pra mim e pra você,
e eu não me importo se ele vai durar muito ou não,
desde que eu esteja aqui com você,
olhando seus olhos desenharem os meus,
e suas mãos cachearem meu cabelo,
por não saber o que dizer,
quando te digo palavras,
que nem eu sabia que existiam pra dizer.
O dia de hoje foi feito,
pra ficar deitado no seu colo,
enquanto na tv passa algum programa chato,
e nós ficarmos rindo das roupas fúteis dos apresentadores,
e planejando viver uma vida simples,
sem muitos "porques" e "poréns".
O dia de hoje foi feito,
pra revermos nossas fotografias,
na praia, no sítio, comendo a comida ruim dos seus tios,
e falando besteiras misturada com a filosofia,
daqueles que se apaixonam todo dia pela mesma pessoa.
O dia de hoje foi feito,
pra que a gente não se sinta tão sozinho,
sem relógio, sem compromissos,
só nossos corações batendo.
O dia de hoje foi feito,
como se faz as coisas mais perfeitas,
o céu mais estrelado, o primeiro sorriso de uma criança,
o Sol que se põe e deixa o mar dourado,
o dia de hoje foi feito com o mesmo material,
que se faz o amor,
e esse dia foi feito pra mim e pra você,
pra durar até que não existam palavras,
e só nos restem os sinais,
de quem se ama daqui até o que é eterno.
O dia de hoje foi feito,
sem pretensões, sem destino certo,
só a certeza de que me perder ao te encontrar se torna correto,
como um beijo com gosto de mar,
e nossos nomes escritos na areia,
igual criança boba fazendo besteira.
O dia de hoje foi feito,
para o sossego, a quietude, seu abraço, meu abrigo,
nossos sonhos afastando os pesadelos,
esses pequenos instantes,
que farão parte do que vemos como algo inteiro.
O dia de hoje foi feito,
pra te dizer que as palavras somem quando penso em você,
que ficaria te olhando e guardaria esse olhar como um segredo,
é que eu trocaria uma vida imortal,
só pra tocar esse momento,
e viver esse dia como se fosse o último,
porque de alguma forma eu sei,
que esse dia foi simplesmente feito,
pra mim e pra você

sexta-feira, 2 de abril de 2010

Eu sou o mais feliz do mundo


Das coisas que valem a pena falar, digo que Cristo é o melhor de mim,
e de todas as outras mil coisas que eu poderia inventar digo que sem Cristo, não resta nada em mim.
Ele define meus dias, faz meu coração bater,
é o amor pra minha vida inteira,
é meu abraço ao dormir, meu bom dia ao acordar,
é o que me motiva a ser melhor.
Mil textos com inúmeras palavras serão insuficientes,
todas as canções do mundo sejam elas depressivas ou contentes,
também serão insuficientes.
Quem eu sou se define dependentemente de tudo que Ele vê quando me olha,
e às vezes quando olha vê uma criança querendo pilotar um avião,
um mudo querendo discursar para uma multidão,
um cego que tenta guiar outros na escuridão,
Ele vê meus defeitos, minha ressaca e ainda assim me trata como não mereço,
me dando momentos que nunca se repetirão.
Não olhar pra trás, ou fingir que não me importo com o que dizem é a maior besteira,
sou humano, erro, me preocupo e me sinto só, mesmo quando tenho muitos ao redor.
Mas me flagro revendo as situações difíceis, as palavras duras que me disseram e as que eu já disse, e vejo que em tudo isso não me limito ao me definir, não me limito quando me defino como filho do criador do universo, do criador do meu mundo, do criador dos meus sonhos, do criador de todas as expectativas que não quebrarão.
Quem eu sou?
Sou aquele que não vive mais, que com todos os conceitos errados e certos,
consegue ser amado,
consegue ver num futuro incerto a esperança da eternidade ao lado de quem sempre me amou, e é isso que sou o pior do mundo, cheio de defeitos, um risco certo na bolsa de valores, a falência das escolhas, mas alguém que reconheceu que só Jesus é o Senhor e isso tem sido suficiente pra dizer que até aqui me ajudou o Senhor
Quem eu sou?
O mais feliz do mundo