quarta-feira, 24 de março de 2010

Expectativas


Primeiro criamos um mundo de expectativas,
falamos nossos discursos apaixonados,
beijamos enquanto o Sol se põe,
damos flores e ela fica deslumbrada,
dizemos eu te amo e ela se sente amada,
mas isso tudo só em nossa mente.
Depois acreditamos que tudo acontecerá de repente,
olhares que se cruzam, frases na hora certa,
o momento perfeito ao apagar das luzes no cinema,
sem promessas, sem apresentações de qualidades,
ou esconderijos de defeitos,
é a simples borboleta que achou sua flor.
As mãos se tocam sem querer enquanto vocês caminham pelas ruas,
você olha nos olhos dela como uma criança boba,
querendo que ela fosse só sua,
e existe um beijo de adeus,
mas são expectativas.
A realidade é dura e fria,
ele diz que vai ligar e não liga,
diz que foi sair com amigos e está beijando sua amiga,
ela faz você pensar que é diferente, mas é só mais uma a fechar a porta,
ela te beija como alguém que pode viver a vida inteira ao seu lado,
mas te deixa se sentido como se não houvesse ninguém em volta.
Não me queixo sobre as coisas que passaram,
se ao redor são pedaços,
feliz me sinto, eram apenas expectativas,
expectativas de fazer alguém feliz,
expectativas dessa pessoa achar em você tudo que sempre quis,
então não existem culpados,
e sim nuvens que se dissiparam,
e quanto menos nuvens mais Sol a brilhar.
Quanto a dar flores, em algum momento aquilo fez sentido,
quanto a dar amor, por alguns instantes foi importante,
quando a esperar algo a mais,
isso realmente é desnecessário,
não espere ligações, bombons, ou um amor pra vida inteira,
porque isso são expectativas,
e expectativas sempre quebram, sempre se vão.
Das coisas que valem esperar,
espere que os momentos sejam vividos intensamente,
e que sejam bons,
porque amores pra uma vida inteira são formados de momentos,
intensos e as vezes nem tão bons.
Por tanto diga adeus as expectativas,
e viva a realidade de uma vida linda.

Nenhum comentário: