sábado, 13 de fevereiro de 2010

Cura


Vou deixar você dormir até tarde,
eu sou a cura para o seu medo de ficar só,
sussurro seu nome no meu pensamento,
enquanto minha respiração,
segue cantando meu amor por você.
Conheço mil lugares,
mas minha casa é onde você estiver,
como uma estrada que me leva a um só lugar,
onde flores são detalhes na parede,
e as estrelas dançam a noite inteira.
Não pense que não existe amor,
a verdade é tão real,
quanto o vento que faz seu cabelo dançar,
e bem mais que as explicações que existem,
eu me surpreendo ao me apaixonar sempre só por você,
e só por você dedicar os detalhes de uma vida inteira.
Eu sinto você aqui, mesmo quando o ouro perde o valor,
e quando acordamos juntos e ficamos assim deitados,
as palavras se tornam como um tesouro,
pensamentos e sonhos simplesmente se unem ao dizer,
o quanto seria bom se nos conhecéssemos antes.
Eu sou a cura para sua noite mal dormida,
o abraço que te aquece nas noites frias,
as mãos que seguram as tuas por toda vida,
e você é meu sonho de poder acordar e saber que tudo é real.
Então deixe que eu tome sua mão,
e que você seja meu mundo que vai se colorindo,
enquanto o restante perde a cor,
deixe que eu te chame pra mim,
sendo pra mim mais que o tempo que se passa junto,
sendo pra mim o sabor doce de se querer quem se tem.

Um comentário:

Mayara disse...

Muito Bom...
Parabens...
=D