sexta-feira, 29 de janeiro de 2010

Eu que tanto falo sem palavras pra dizer


Se minha mente for de encontro ao seu mundo,
e perdida não souber como voltar,
cuide dos planos que foram feitos só para você.
Se meu coração frágilmente for parar em suas mãos,
não negue sua respiração,
é o que motiva mais um dia que nasce sorrindo.
É que nesses dias que parecem tão normais,
eu fujo sempre pra onde o brilho dos seus olhos possam estar,
e lá fico até adormecer.
Os amores inventados rendem livros bem vendidos,
e nós vivemos um para o outro como palavras,
que nunca poderão ser escritas,
afinal são nossas vidas em uma só.
Me telefone tarde só pra dizer que queria ouvir minha voz,
eu faço isso sempre com você,
te dando bom dia de mil formas diferentes,
como um sonho que não se repete,
como um sonho que se realiza só com você.
Me resumo em fazer de você a pessoa mais feliz,
é que você é tudo que sempre quis,
é infantil como um criança soprando contra o ventilador,
mas todo meu fôlego dedicaria a você.
Fico tentando escrever mil coisas,
e me flagro sem palavras pra dizer,
são em momentos como esse,
que me lembro dos poetas que diziam,
que o instante eterno,
é quando nossos olhos se veem,
e eu que tanto falo fico sem ter nada a dizer.

Um comentário:

Kah disse...

que bencao.
muito lindo esse texto
gloria a Deus...