domingo, 8 de novembro de 2009

É amor

Faz nascer em mim as flores,
que secaram no Sol,
tenho imaginado,
como seria viver um dia melhor,
desde que vi você partir.
Sou frágil, não preciso esconder,
meus sonhos se perdem no que faço,
e nada dá certo ao redor,
quanto mais te amo,
mas estranho me sinto.
É só amor ou a eternidade está perto de mim?
Faz nascer as canções novamente,
o silêncio dos que estão longe,
consome a melodia,
que pra ti cantaria,
repetidas vezes todos os dias.
Tudo que tenho é meu ser insuficiente,
que busca desesperadamente,
o dia em que estar junto de você,
será pra sempre.
É só amor ou tudo se completa quando você está aqui?
Se chamam de fé o fato de mesmo sem te ver, acreditar,
eu já posso recusar,
pois acredito porque vejo,
vejo lentamente seu tocar em mim,
as flores renascendo, a música com cada nota em seu lugar.
Nem sou tudo que deveria ser,
tão pouco o que acho que sou,
e é constrangedor saber que você sabe tudo sobre mim,
pensamentos escuros que rachariam a imagem que o mundo tem de mim,
e é corajoso alguém como você se arriscar tanto assim,
se todo valor que existe só existe porque vives aqui,
dentro desse peito sufocado,
cheio de vontades e mal agrados.
É só amor ou vê em mim o que ninguém pode ver?
Se eles soubessem o fracasso que sou,
o medo que tenho de não conseguir,
descobririam que minhas palavras de ânimo,
vem todas de você,
porque cegos guiam cegos para o lado errado,
e pessoas sós não andam acompanhadas,
é o estar na multidão como se não hovesse ninguém ao lado.
Mas nem eu entendo como posso perder tantos alguéns,
e mesmo assim ser um cara engraçado,
sentir curado esse coração marcado por fracassos.
É só amor ou é você sempre perto de mim?
Um homem em sua armadura de herói,
que sabe ser apenas um menino que precisa ser cuidado,
sem pais, sem nada a oferecer,
com uma história triste pra contar,
com conceitos que entopem o ralo,
e fazem do que era simples algo complicado.
Se é só amor me ame com toda intensidade,
porque fico aqui precisando de você,
porque o mundo espera de mim algo a oferecer,
e tudo que há de bom em mim,
vem de você, vem desse amor que não consigo entender,
o amor que ama o renegado,
que é suficiente pra mim,
que me faz escolher ficar a sós com você,
do que sair por ai e rir com amigos,
cantarolar histórias e na maioria das vezes te esquecer,
e hoje e mesmo que só por hoje,
eu prefiro ficar só com você,
porque sei que é amor,
sim eu sei.

Nenhum comentário: