segunda-feira, 12 de outubro de 2009

Não

Não sei sobre tudo,
não acredito mais em heróis que salvam o mundo,
não tenho raízes, não tenho medo da decepção,
não perco amigos, não tenho muitos irmãos,
não digo sim querendo dizer não.
Não aproveito meu tempo,
não o deixo escorrer pelas minhas mãos,
não sou como pensam,
não sou mais um na multidão,
não me confundo com os perfeitos,
não sou filho da imperfeição,
não perco o que nunca ganhei,
não digo que sei o que não sei.
Não sofro antecipadamente,
não me rendo a pressão,
não gosto de acordar cedo,
não pretendo não ter medo,
não prometo guardar segredo,
não sou escravo dos meus desejos,
não pregarei ser fácil perdoar,
não direi que é fácil pedir perdão.
Não sou a exceção, não sou de quebrar regras,
não ando em câmera lenta,
não vivo com pressa,
não me encontro em qualquer coisa,
não converso com qualquer um,
não me perco facilmente,
não minto estar feliz quando não estou contente,
não falo coisas diferentes,
não digo tudo sempre igual,
não quero ganhar o mundo inteiro,
não quero ser normal.
Não sou nada disso,
não sou tudo que preciso,
não tiro sua esperança,
não sou mais uma criança,
não tento voar querendo cair,
não levanto para desistir,
não direi coisas que me entregue,
não quero que você me negue

Nenhum comentário: