segunda-feira, 19 de outubro de 2009

Não existe

Alguém pra ficar no fim da tarde,
pra ver o dia amanhecer,
pra ficar sem falar nada,
pra dizer tudo sem precisar nada dizer.
Alguém pra ficar abraçado,
contar segredos, sonhos e fracassos,
pra entender, pra cuidar, pra amar,
com todo amor que existe pra amar.
Alguém pra dar estrelas,
pra dar presentes e poemas,
pra brincar de escrever na areia,
pra ficar rindo de todas as besteiras.
Alguém que não sai do pensamento,
que quer viver ao seu lado todos os momentos,
que vai se importar com cada detalhe,
que vai se dedicar,
que vai valorizar coisas simples,
como ficar deitado juntos no sofá,
ir a pé na padaria,
andar de mãos dadas em noites frias.
Alguém que não seja egoísta,
que pense em nós dois antes de se priorizar,
que vai me dar colo pra deitar,
que vai ficar me olhando sem ter nada pra falar,
que vai me pedir pra parar de contar piadas repetidas,
que vai pular na chuva comigo pra se molhar.
Alguém pra ficar comigo,
e nada mais que isso,
quieto, sereno,
imaginando o que seria a vida sem me encontrar,
ouvindo-me dizer sobre como foi bom conhecê-la,
como seria difícil imaginar a vida sem tê-la.
Alguém que me liga pra saber como estou,
mas não deixa de me perguntar onde estou,
que não seja fria e não me dê apenas o que resta,
do seu tempo, do seu amor.
Alguém que não existe,
alguém que me ama pelo que sou,
que confia, que queira chegar a algum lugar,
que não queira que eu seja do jeito que ela quer,
que não diz pra depois pensar,
que pense antes de agir.
Alguém que não existe,
alguém que sonhe o mesmo sonho mesmo que o sonho mude de lugar,
alguém capaz de parar tudo só pra me escutar,
e me explicar que a vida é melhor quando somos nós,
quando não estamos sós.
Alguém que não existe,
que descomplica, que não se importa com o que vão falar,
que beija engraçado e de um jeito que não se quer parar de beijar,
que me faz querer ser algo a mais,
que vai ficar rindo da minha cara,
quando eu não conseguir vence-la em um jogo de corrida,
que vai rir das minha desculpas,
quando eu falar errado,
alguém imperfeito, alguém que não tenha medo,
alguém que vai querer estar sempre perto,
alguém, simplesmente alguém,
que me faz feliz quando estou triste,
alguém que não existe.

Nenhum comentário: