segunda-feira, 16 de fevereiro de 2009

Hoje

Hoje eu quero acordar ao seu lado sentindo seu abraço logo ao amanhecer.
Hoje eu quero ficar a sós com você, deitado na cama do seu quarto, tentando fazer o tempo parar.
Hoje eu quero sentir seu cheiro, beijar sua boca, ficar acordado até tarde só pra te ver adormecer no peito.
Hoje eu quero ver você dirigir com medo de ultrapassar, ver seu rosto ao me buscar e sua cara de saudade ao me ver partir.
Hoje eu quero sentir seu corpo com gosto de mar, escrever uma música na areia até você me perguntar se eu vou escrever a música inteira.
Hoje eu quero tomar café da manha perto de você, rindo das suas manias, vendo você comer dois pães enquanto eu só como uma fatia.
Hoje eu quero te abraçar na chuva, pintar um quadro sobre nossa história, ver sua cara de concentrada enquanto eu borro a coisa toda.
Hoje eu quero te agradar, fazer suas vontades, deixar você ganhar, fingir não saber só pra você me explicar, pedir pra você repetir frases e caras só pra me divertir.
Hoje eu quero desperdiçar minha vida toda por nem que seja um minuto perto de você, e então viver em instantes a intensidade de uma amor que eu não vivi em anos.
Hoje eu quero resumir minha vida em nós, ver mil filmes no cinema em menos de um mês.
Hoje eu quero me impressionar com a garota do allstar branco, com a garota do sorriso mais lindo, que fica linda sorrindo sem graça.
Hoje eu quero ter palavras pra você imitar, falar frases pra você copiar, e depois ler em um guarnapo sua justificativa por agir assim.
Hoje eu quero me sentir real só porque você me faz me sentir assim.
Hoje eu quero te ter de um jeito a não ver você partir, e ter saudade das horas sem você, não dos dias.
Hoje eu quero fechar meus olhos e poder te sentir tão perto que chegue a me confundir entre quem sou eu e quem é você, e eu não consiga distinguir se sou eu em você ou você em mim.

Nenhum comentário: