terça-feira, 13 de janeiro de 2009

Sincero

Eu quis ser sincero,
enquanto você fingia ouvir.
Eu quis te dar meus planos,
enquanto você não estava nem ai.

Mas sem peso nos ombros,
caminho na direção oposta,
de quem nem fez esforço,
pra me ajudar.

Uma distorção do que falei,
uma história em pedaços,
um monte de coisas que eu não sei,
cada um procurando seu espaço.

Eu quis ouvir sua opinião,
enquanto você não prestava atenção.
Eu quis dividir meu fardo,
mas você não me deu opção.

Eu não sabia, eu não queria,
que de repente tudo acabasse assim.
Eu não entendia, eu não previa,
que de repente a culpa cairia sobre mim.

Nenhum comentário: