domingo, 18 de janeiro de 2009

Longe de você só escrevo saudade

É tão difícil ficar longe de você, porque tento escrever sobre amor, e só escrevo sobre saudade, tento escrever sobre sorrisos, e só escrevo sobre lágrimas.

Longe do seu abraço, nem consigo dormir, é que são tantas promessas, e meu tempo tem tanta pressa.

Não sou forte pra conseguir dizer que consigo suportar, os segundos se passam, roubando meu ar, se estou assim, sem te ter aqui.

É tão estranho a estrada sem você, o caminho da sua casa ficou mais distante, e eu cometo o mesmo erro, de me perguntar como será possível, viver sem você.


Longe do seu toque, a exatidão parece insensata, e trago no peito a esperança, de que isso tudo, é apenas uma brincadeira sem graça.

É que a saudade dói, quando procuro seu olhar, e não encontro.



É que a saudade dói, quando procuro te encontrar, e não encontro.



É que a saudade dói, quando tudo que mais quero, é só mais um instante.

Nenhum comentário: