sexta-feira, 28 de novembro de 2008

Quer saber?

Se quer saber as coisas ainda estão por estar,
mas não faça promessas que não possa cumprir,
e não grite o que você deveria sussurrar,
porque sempre existe alguém a escutar.
Se quer saber deveria ter dito antes,
a bomba estourou nas minhas mãos,
mas por algum motivo fiquei de pé,
talvez só pra te dizer.


Blá, blá, blá...
Não sou mais o mesmo,
meus passos me levam para outro lugar,
minhas respostas um mero tanto faz,
é que meu mundo é maior que seus mapas.


Se quer saber não precisa falar nada,
chegou a hora do mundo se calar,
cansei das besteiras,
que só fazem sentido pra você.
Se quer saber fim dá tudo certo,
então tire o nariz de palhaço,
o circo já pegou fogo a muito tempo,
e os aplausos são todos seus.

Nenhum comentário: