terça-feira, 21 de outubro de 2008

Tempo das flores

Queria ter mais tempo pra dizer,
Que nem tudo é perfeito,
Que algumas pessoas não arriscam,
Por terem medo,
De descobrir o mundo inteiro,
Mas não se encontrar.

Melodias e jardins dei a você,
Mas meus erros me fizeram perder,
O brilho dos olhos,
De quem tem a solução,
Mas foi por dizer sim querendo dizer não,
Que me prendi dentro de você,
Mas todos têm a chave da sua própria prisão.

Queria ter mais tempo pra fingir,
Que não me importo,
Com os dias em que tudo,
Parece estar do avesso,
Mas sempre existem coisas,Pra se esquecer.

Sem assunto

Estou meio sem assunto,
como alguém que por muito tempo,
tentou ser quem não é.
Estou no caminho do recomeço,
como alguém que pensava se encontrar,
mas se perdia.

Sonhei com o dia em que tudo
será como deveria ser,
e nesse sonho pude encontrar você,
segurando minhas mãos,
esperando o dia amanhecer.

Estou revisando minha vida,
e tantas coisas me fazem pensar,
nas minhas leis que me aprisionam.
Estou tentando ao menos,
recompor a poesia de existir,
já que seu sorriso é o que me faz feliz.