quinta-feira, 28 de agosto de 2008

Um pouco do que sinto

Desde que te conheci, tenho feito uma ponte de pedrinhas feitas de sonhos,
pra chegar a você, pra não me tornar uma lembrança,
pra quem sabe um dia acordar ao seu lado em me sentir a pessoa mais feliz,
pra quem sabe um dia te amar da forma que você sempre quis.
Não que eu tenha planos, ultimamente tenho me sentido,
como se nunca tivesse me apaixonado,
e cada vez que te ligo minha vontade é te dizer,
que queria ficar com você pra sempre,
ficar do seu lado sem precisar falar e sem deixar você sem graça.
Mas de tudo eu só quero que você se sinta feliz,
porque tudo que tenho eu dou a você,
mesmo quando nem te ouço meu pensamento dança com você,
e meus momentos ficam tristes,
por não poder ouvir seu coração bater,
por não rir das suas piadas que eu finjo não ter graça.
É que dizer que você foi meu Sol brilhando no meio temporal,
é quase inevitável,
é que dizer que você é um sonho que pensei ser inalcançável,
é quase imposssível.
Eu sigo assim pintando estrelas que façam brilhar,
o dia que caminharemos juntos sem ter hora pra chegar,
eu sigo desenhando a chuva que nos molhará,
no dia em que te beijar, no dia em que meu olhar no seu se encontrar.

Nenhum comentário: