terça-feira, 19 de agosto de 2008

Me diga

Me diga se na verdade você acorda pensando em mim,
ou se só eu que sonho com você.
Abra meus olhos para que eu deixe mesmo de ficar pensando em você o tempo inteiro,
porque já não consigo planejar sem te ter nos meus planos.
Me diga se isso está acontecendo mesmo,
ou se ao acender das luzes o filme vai acabar,
porque eu já não quero largar tuas mãos,
sem que nosso filme tenha um final feliz.
Abra meus olhos para as dificuldades,
porque até agora eu só consigo imaginar todas as formas pra te fazer feliz.
Me diga se eu tenho mesmo alguma chance de ser parte do seu mundo,
porque o meu já tem girado ao seu redor,
e se meus pés fora do chão te assustam,
segure forte minha mão pra que eu não sonhe um sonho sozinho.
Abra meus olhos pois o que tenho sonhado é um sonho de mãos dadas,
o que tenho sonhado é rabiscar meu nome e o seu na areia,
é prefirir trocar um dia inteiro por um momento que seja, ao seu lado,
é querer que o tempo passe rápido quando estamos longe,
e quando eu te encontrar fazer de tudo para que o relógio fique parado.
Me diga se em algum momento você perde o sono pensando em mim,
ou se só eu fico de um lado para o outro imaginando a felicidade de ter te encontrado,
a felicidade de saber que mesmo longe eu posso dizer que estou inteiramente apaixonado,
e mesmo com medo de que o mar vire sertão te dar meu coração,
e gostar de você até se tornar amor e se tornando amor se tornar eterno.
Me diga sem nem ao menos dizer nehuma palavra,
porque tudo que sinto já não encontro palavras pra te dizer.
Me diga mesmo com o seu silêncio,
porque meu silêncio grita por você.
Me diga de alguma forma que eu não sei dizer,
que você nasceu pra mim e eu pra você.
Me diga se você vai abrir meus olhos,
para juntos olharmos na mesma direção.
Me diga qualquer coisa,
porque eu to dizendo tudo que quer meu coração,
e já nem tenho palavras pra te convencer,
e nem tantas qualidades pra chamar sua atenção,
mas te amaria pra vida inteira,
inteiramente até não ter fim,
porque sem você acaba faltando algo em mim.

Nenhum comentário: