sábado, 30 de agosto de 2008

Apenas ficar quieto

Hoje nem pretendo ostentar minha capa de super herói,
na verdade nem quero que ninguém me entenda,
não quero dar explicações,
quero apenas ficar só, com meus pensamentos.
Hoje esqueci de tomar meu remédio,
não quero mais a dose diária,
das suas teorias que me chamam de infantil,
e sempre me deixam no chão,
se era a espada que me fazia te acompanhar por obrigação,
se era a cruz que me fazia te acompanhar por opção,
agora fraco o bastante pra ver como as montanhas são altas,
eu consigo ter forças o bastante pra não precisar mais de você,
e de todos seus ensinamentos inúteis.
Não me faça promessas deixe que eu quebre a cara sozinho,
ao menos assim não vou precisar dizer que já sabia que isso tudo ia acontecer,
já que no final das contas, são contas demais tanto pra mim quanto pra você.
Se foram como um sonho ao despertar,
e meu castelo de cubo de gelo no deserto,
já não vai poder ser meu lar,
e se me agarro nas lembranças não me culpo,
se me agarro nos momentos já não penso em lamentar,
tudo que eu planejei simplesmente desapareceu.
Antes de me abraçar deixe seu sorriso falso no armário,
eu sei que o punhal está na sua mão direita e as moedas no seu bolso,
por que tentar fingir ser a vítima quando se o algoz?
Sempre vai estar tudo bem no mundo das cartas marcadas,
valeria mesmo a pena você me ouvir,
se a sentença já foi dada mesmo antes de você saber que seria o juíz?
Já temos os heróis, os vilões e os que precisam ser salvos,
então só me deixe quieto, só não preste atenção em mim,
não quero ser quem você pensa que devo ser,
ou o que o olhar em alta escala quer ver,
quero ser apenas alguém que pode errar como qualquer um,
que aprendendo a voar também leva tombos e se machuca,
então não deixe de conferir antes de cicatrizar,
a cor do sangue que escorre das minhas mãos é igual ao de qualquer um.
Mas nisso tudo é possível acreditar mesmo quando é inacreditável,
mesmo quando tudo ao redor desaba,
mesmo quando a morte já não é mais uma piada sem graça,
quando um relacionamento acaba,
quando um sonho se vai como o fogo queima um papel de carta.
É possível acreditar que já não somos tão heróis como aqueles que aparecem na tv,
e como um replay a história se repete sem precisar ter o mesmo final.
É possível acreditar que estou cansado demais pra prestar atenção nas bobeiras alheias,
no compromisso com horários, normas e regras pra não ser chamado atenção,
se eu pudesse dar apenas meu silêncio,
como forma de agradecimento por nunca ninguém realmente querer entender alguém,
seria o suficiente pra desenhar nuvens no céu do meu quarto sem janelas.
Mas é possível acreditar em alguém que em meio a tudo isso,
nunca deixa a desejar e ouve mesmo quando não estou a falar,
que por não precisar lembrar, nunca esquece.
É possível acreditar nas suas mãos que me levantam e lipam a poeira no meu corpo,
e me diz pra tentar de novo porque chegará um dia que vou conseguir,
conseguir não me questionar quanto aos que devem e não fazem,
aos que fazem e não devem,
ao mundo escuro que era pra ser azul.
É possível acreditar que antes do fim não vai ficar nenhuma peça fora do lugar,
mas enquanto isso só me deixe quieto.

sexta-feira, 29 de agosto de 2008

Sabe quando não dá pra não te amar?

Sabe quando o que mais se quer é dizer te amo, e ficar ao lado de alguém que te faz feliz como você nunca foi? É assim desde que te conheci.
Sabe quando o que mais se quer é ter alguém pra vida inteira, e fazer essa pessoa sorrir só pelo fato dela existir? É assim desde que te conheci.
Sabe quando o que mais se quer já não é convencer alguém dos reais sentimentos, mas sim ama-la como se fosse a última chance? É assim desde que te conheci.
Sabe quando o dia perfeito deixa de ser perfeito só porque quem mais se ama não está? É assim desde que te conheci.
Sabe quando o que mais se quer é deitar ao lado de alguém e ficar olhando as estrelas, mas mesmo assim só prestar atenção nos olhos de quem em silêncio te diz mais do que mil palavras? É assim desde que te conheci.
Sabe quando o que mais se quer é ter um momento eterno e de todos os momentos poder escolher todos que se está com quem se ama? É assim desde que te conheci.
Sabe quando tudo faz sentido?
Sabe quando tudo que mais quero é ficar contigo?
Sabe quando não dá vontade de desligar o telefone?
Sabe quando não dá vontade de te soltar?
Sabe quando não dá vontade de parar de te olhar?
Sabe quando não dá pra não reparar no jeito que você mexe a boca?
Sabe quando não dá pra não te amar?
Pra não querer viver ao teu lado pra sempre?
Sabe quando não dá pra imaginar minha vida sem você,
sem suas risadas "do nada"?
É assim desde que te conheci.
É assim desde que decidi te amar até ser eterno.
É assim desde que percebi que palavras sempre serão insuficientes para te dizer,
que se o mundo inteiro resolvesse me amar ainda assim eu escolheria amar você,
e se o mundo inteiro decidisse girar ao meu redor,
ainda assim eu escolheria ser inteiramente seu.
É assim desde que descobrir que é inevitável não te amar.

quinta-feira, 28 de agosto de 2008

Um pouco do que sinto

Desde que te conheci, tenho feito uma ponte de pedrinhas feitas de sonhos,
pra chegar a você, pra não me tornar uma lembrança,
pra quem sabe um dia acordar ao seu lado em me sentir a pessoa mais feliz,
pra quem sabe um dia te amar da forma que você sempre quis.
Não que eu tenha planos, ultimamente tenho me sentido,
como se nunca tivesse me apaixonado,
e cada vez que te ligo minha vontade é te dizer,
que queria ficar com você pra sempre,
ficar do seu lado sem precisar falar e sem deixar você sem graça.
Mas de tudo eu só quero que você se sinta feliz,
porque tudo que tenho eu dou a você,
mesmo quando nem te ouço meu pensamento dança com você,
e meus momentos ficam tristes,
por não poder ouvir seu coração bater,
por não rir das suas piadas que eu finjo não ter graça.
É que dizer que você foi meu Sol brilhando no meio temporal,
é quase inevitável,
é que dizer que você é um sonho que pensei ser inalcançável,
é quase imposssível.
Eu sigo assim pintando estrelas que façam brilhar,
o dia que caminharemos juntos sem ter hora pra chegar,
eu sigo desenhando a chuva que nos molhará,
no dia em que te beijar, no dia em que meu olhar no seu se encontrar.

domingo, 24 de agosto de 2008

Queria tanto

Queria tanto que o mundo parasse de girar,
só pra que eu pudesse ver de novo seu sorriso sem graça,
só pra poder sentir o jeito que você segura minha mão.
Queria tanto que o relógio deixasse de existir,
só pra poder ficar abraçado com você,
só pra poder te beijar,
só pra poder ter a certeza que eu quero ficar ao seu lado minha vida inteira.
Queria tanto que o tempo soubesse o que é amar,
só pra que eu pudesse atravessar o mar de novo pra ver seus olhos os meus... encontrar,
só pra que ao te ver eu pudesse definir se era um sonho ou real,
se realmente a princesa se apaixona pelo sapo,
ou se isso tudo só é história que virou lenda.
Queria tanto que seu ônibus não passasse,
só pra sentir seu coração bater mais perto do meu,
só pra te abraçar como namorada sendo você uma amiga,
só pra voltar pensando em como valeu a pena enfrentar um corpo quente que sente frio.
Queria tanto te ter de novo e quem sabe te ter pra sempre,
te ter pra fazer compras imaginárias,
pra te contar minhas piadas sem graça,
pra te fazer ouvir minhas histórias chatas batendo com palitinhos na mesa,
pra te dizer que já não tenho como não gostar de você,
e ver seu olhar se desviar por não saber o que dizer.
Queria tanto você, de tal forma que não saberia te dizer,
mas o que sei dizer é que vou fazer de tudo,
não pra que você saiba que o que sinto é verdadeiro,
mas pra que você se sinta amada como você nunca foi.

quinta-feira, 21 de agosto de 2008

Só por não conseguir te esquecer

Só por não conseguir te esquecer,
eu fico acordado pensando em como eu trocaria os dias no calendário,
pra estar de novo com você,
pra ficar ao teu lado enquanto a chuva cai,
enquanto seu sorriso me distrai.
Só por não conseguir te esquecer,
eu fico querendo te ligar e ouvir sua voz por horas e horas,
pra quem sabe assim te ter mais perto de mim,
pra quem sabe assim meu coração ao ouvir sua voz,
se satisfaça em ouvir a única canção que o faz feliz,
e eu possa fechar meus olhos ao ouvir você dizer,
que está com saudades de mim.
Só por não conseguir te esquecer,
eu fico sem sono escrevendo coisas que você não vai entender,
fico formando frases pra te dizer te amo de outras formas,
pra dizer que já nem consigo não pensar em você,
pra te dizer que mesmo que você não acredite que gosto tanto,
ao menos eu tentaria por toda minha vida te fazer a mulher mais feliz.
Só por não conseguir te esquecer,
fico querendo te encontrar a cada instante
pra poder segurar tuas mãos,
olhar nos teus olhos,
e ver que não te conheci pra dizer adeus,
ver que mesmo que você tenha medo de se machucar,
eu já estou lá embaixo pra te segurar.
Só por não conseguir te esquecer,
fico como um tolo apaixonado,
esperando o telefone tocar,
uma mensagem tua chegar,
esperando um desenho das minhas mãos segurando as tuas,
dos meus pés caminhando ao lado dos teus,
do mesmo sonho se realizando,
esperando o desenho dos meus olhos,
dizendo que já não consigo deixar de pensar em você.
Só por não conseguir te esquecer,
eu pego o telefone, com vontade de te ligar, mas não ligo,
eu escrevo seu nome nas últimas folhas do caderno,
como se fosse um sapo diante de uma princesa,
como se fosse um plebeu diante da realeza,
sou eu tentando encontrar um jeito de te impressionar,
e dizer o que sinto, mas que sem sucesso sigo repetindo,
que eu gosto e como gosto continuo a gostar.
Só por não conseguir te esquecer,
queria que cada momento ao teu lado fosse eterno,
e te ter longe fosse a exceção e não a regra,
mas pareço querer reviver cada momento registrado na fotografia.
Só por não conseguir te esquecer,
eu quero ficar com você,
quero ser bem mais que um detalhe de tinta na sua vida,
quero ser alguém que se perde ao se encontrar dentro de você,
e cantar cançoes que dizem,
que do mundo inteiro eu dedicaria minha vida ao teu lado,
pra ser cada minuto da sua vida.
Só por não conseguir te esquecer,
eu sigo repetindo que gosto de você.

terça-feira, 19 de agosto de 2008

Me diga

Me diga se na verdade você acorda pensando em mim,
ou se só eu que sonho com você.
Abra meus olhos para que eu deixe mesmo de ficar pensando em você o tempo inteiro,
porque já não consigo planejar sem te ter nos meus planos.
Me diga se isso está acontecendo mesmo,
ou se ao acender das luzes o filme vai acabar,
porque eu já não quero largar tuas mãos,
sem que nosso filme tenha um final feliz.
Abra meus olhos para as dificuldades,
porque até agora eu só consigo imaginar todas as formas pra te fazer feliz.
Me diga se eu tenho mesmo alguma chance de ser parte do seu mundo,
porque o meu já tem girado ao seu redor,
e se meus pés fora do chão te assustam,
segure forte minha mão pra que eu não sonhe um sonho sozinho.
Abra meus olhos pois o que tenho sonhado é um sonho de mãos dadas,
o que tenho sonhado é rabiscar meu nome e o seu na areia,
é prefirir trocar um dia inteiro por um momento que seja, ao seu lado,
é querer que o tempo passe rápido quando estamos longe,
e quando eu te encontrar fazer de tudo para que o relógio fique parado.
Me diga se em algum momento você perde o sono pensando em mim,
ou se só eu fico de um lado para o outro imaginando a felicidade de ter te encontrado,
a felicidade de saber que mesmo longe eu posso dizer que estou inteiramente apaixonado,
e mesmo com medo de que o mar vire sertão te dar meu coração,
e gostar de você até se tornar amor e se tornando amor se tornar eterno.
Me diga sem nem ao menos dizer nehuma palavra,
porque tudo que sinto já não encontro palavras pra te dizer.
Me diga mesmo com o seu silêncio,
porque meu silêncio grita por você.
Me diga de alguma forma que eu não sei dizer,
que você nasceu pra mim e eu pra você.
Me diga se você vai abrir meus olhos,
para juntos olharmos na mesma direção.
Me diga qualquer coisa,
porque eu to dizendo tudo que quer meu coração,
e já nem tenho palavras pra te convencer,
e nem tantas qualidades pra chamar sua atenção,
mas te amaria pra vida inteira,
inteiramente até não ter fim,
porque sem você acaba faltando algo em mim.

domingo, 17 de agosto de 2008

Só por mim

Se de todos eu ainda assim tiver um pouco da tua atenção,
e puder te chamar de Pai mesmo depois dos meus erros,
me render quando tudo ao redor ruir,
eu serei então o filho mais feliz.
Estive perto e me afastei,
pensei estar segurando tuas mãos,
mas quão longe cheguei,
e se me sinto como alguém na beira do caminho,
me lembro que ainda tenho chance,
de gritar teu nome,
ter teu toque e te ver mais uma vez.
Forço-me a não deixar que as lágrimas caiam,
pois quem sou eu pra querer chamar tua atenção,
sinto como se negasse Jesus junto com a multidão,
e o que mais dói é saber que Ele faria tudo de novo,
só por mim.
Dói saber que os cravos que prenderam suas mãos na cruz,
foram para que as minhas mãos fossem livres pra tocar a dEle,
eu fico assim sem jeito ao pensar na coroa em Sua cabeça,
pra que eu pudesse pensar em um futuro bom.