quarta-feira, 7 de maio de 2008

Eu só quero encontrar meu amor

Eu só quero encontrar meu amor,
me encontrar em seus sonhos,
me agarrar as suas mãos,
e viver um amor pra vida inteira.
Conte me o porquê dos amores acabarem,
sem ter ao menos um final feliz.
Deixe-me aqui tocando meu violão desafinado,
inventando canções e fazendo acordes errados,
pois hoje eu só quero encontrar meu amor,
escutar uma voz que no silêncio vai dizer eu te amo,
ficar abraçado por horas enquando a noite cai.
O filme acabou, eu sei, mas quero ficar aqui,
quieto...
Esperando a hora da música recomeçar,
das frases marcantes voltarem para o lugar,
esperando a princesa pensar em mim,
esperando que ela não deixe de acreditar,
que eu não paro de pensar nela.
Eu só quero encontrar meu amor,
não importa se na chuva ou no pôr-do-Sol,
apenas alguém para amar com a intensidade do calor de um deserto,
amar com a satisfação de ter encontrado o caminho para a felicidade.
Eu só quero encontrar meu amor,
ao sair feche a porta do quarto,
as lágrimas que caem,
são de uma saudade de momentos que ainda não vivi,
os poemas que escrevo são destinados a lugar nenhum,
para uma pessoa chamada ninguém,
e me perdoe se eu te olhar apaixonadamente sem nem ao menos te conhecer,
é que hoje acordei querendo encontrar meu amor,
acordei querendo acabar com o tom cinza do meu dia nublado,
abrir a janela para um dia ensolarado.
Eu só quero encontrar meu amor,
ainda que quando ela me olhe eu disfarçe,
mesmo eu tendo reparado no jeito que ela mexe no cabelo,
no jeito que ela morde a boca,
no jeito que quando não estou olhando ela me olha.
Eu só quero encontrar meu amor.

Nenhum comentário: